O bolinho é bem fofinho e tem um suave sabor de milho

Bolinho de iogurte com creme de milho

Essa receita eu fiz pela primeira vez para o dia de São João, muito festejado no Nordeste. Eu queria fazer algo ligado à tradição da festa, mas que não fosse tão tradicional como as demais comidas de milho. Foi assim que nasceu 0 bolinho de iogurte com creme de milho.

É quase que um cupcake matuto. Fica bem fofinho, por causa do iogurte, e tem uma cobertura de creme de milho com canela em pó, que em alguns lugares do Brasil é conhecido como curau. Só que esse fica mais “firmezinho”.

Esse bolinho é um excelente acompanhamento para cafezinho. Bom apetite!

 

 

Ingredientes para os bolinhos

  • 1 copo americano de milho verde
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 4 claras
  • 4 colheres de fubá
  • 2 colheres de farinha de trigo
  • 2 potes de iogurte natural
  • 4 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de sopa fermento em pó
  • 1 pitada de sal

Modo de fazer

Liquidifique o iogurte com o milho. Passe na peneira e reserve. Bata as claras em neve com uma pitada de sal. Reserve. Misture a farinha de trigo, o fubá e o açúcar. Acrescente aos poucos o iogurte liquidificado com o milho. Misture bem. Adicione a manteiga e bata até obter uma massa homogênea. Acrescente aos poucos as claras em neve e misture com movimentos leves. Acrescente o fermento e misture. Transfira a massa para forminhas untadas com manteiga e fubá e asse em forno preaquecido a 180 graus por 30 minutos. Espere esfriar. Retire os miolos dos bolinhos e preencha com o creme e faça uma cobertura. Salpique canela em pó.
Rende 12 bolinhos.

Ingredientes para o creme de milho

  • 1 copo americano de água
  • 1/2 copo de açúcar
  • 1 colher de amido de milho
  • 1 copo de milho verde
  • 1 gema (passada na peneira)
  • 1/2 colher de sopa de manteiga

Modo de fazer

Liquidifique o milho com um pouco de água e passe numa peneira. Misture em uma panela a água e o açúcar, milho liquidificado e a maisena, dilua tudo e só então leve ao fogo e acrescente a manteiga. Cozinhe em fogo brando até obter uma calda mais ou menos grossa. Retire do fogo e vá acrescentado a gema. Volte para o fogo mexendo sempre até aparecer o fundo da panela. Retire e deixe esfriar.

Compartilhe:
Eduardo de Azevedo

Nasceu em Porto Alegre, mas cresceu na cidade de Canela, na Serra Gaúcha. Formado em jornalismo pela Unisinos, em São Leopoldo/RS. Radicado em Pernambuco desde 1993