Moqueca de camarão é um prato prático, rápido e fácil

Moqueca de camarão

Quem vê a moqueca de camarão pronta provavelmente pensa que o cozinheiro levou horas para preparar o prato. Lego engano. A moqueca de camarão é um dos pratos mais fáceis e rápidos de se fazer. Você não vai gastar mais do que meia hora na cozinha. E o resultado é maravilhoso: um molho suave e supersaboroso.

Para acompanhar essa delícia, você pode escolher o que mais gosta. Acho que arroz sempre é uma boa pedida para se comer com camarão ao molho. Eu fiz também uma farofa de dendê com flocão de milho (aquele que se faz cuscuz). Fica muito bom. Então, bom apetite!

Ingredientes

  • 600g de camarão sem casca
  • 6 tomates
  • 1 pimentão verde
  • 1 pimentão vermelho
  • 2 cebolas
  • suco de 1 limão
  • 400ml de leite de coco
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 3 colheres de sopa de azeite de dendê
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • farinha de mandioca

 

Como fazer

Corte em rodelas e reserve meio pimentão vermelho, meio pimentão verde, meia cebola e 1 tomate.

Liquidifique 5 tomates, uma cebola e meia, meio pimentão verde e meio pimentão vermelho. Reserve.

Tempere os camarões com suco de um limão, sal e pimenta-do-reino a gosto. Mas não faça isso com muita antecedência para evitar que os camarões cozinhem no suco.

Aqueça o azeite de dendê e refogue a mistura liquidificada. Tempere com sal e cozinhe por três minutos. Acrescente os legumes cortados em rodelas e cozinhe por mais dois minutos.

Acrescente os camarões e cozinhe por dois minutos. Adicione os leite de coco e cozinhe por mais dois.

Transfira um pouco do molho para outra panela (encha até a metade). No fogo baixo, adicione um pouco de farinha de mandioca (apenas um pouco) e mexa até engrossar.

Devolva o molho engrossado para a panela com os camarões, mexa bem em fogo baixo e sirva com o acompanhamento de sua preferência.

Receita serve seis pessoas.

Compartilhe:
Eduardo de Azevedo

Nasceu em Porto Alegre, mas cresceu na cidade de Canela, na Serra Gaúcha. Formado em jornalismo pela Unisinos, em São Leopoldo/RS. Radicado em Pernambuco desde 1993